quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Curso de canoagem do Fuchs no Rio


Há tempos não escrevo no blog do Styela. Não foi por falta de interesse, mas sim de tempo. Muito trabalho na Faculdade e preparação para um curso da FEBS na Grécia.

No final de semana antes de viajar, participei do curso de canoagem do Fuchs na Praia da Urca. No primeiro dia, a praia estava cheia de canoas havaianas e remadores de outras modalidades que vieram participar e prestigiar uma etapa do campeonato estadual (se não estou enganado) de canoa havaiana. Nem por isso a organização do curso deixou a desejar, fornecendo uma barraca cheia de frutas e energia para os participantes do curso.

O curso foi ministrado pelo Danilo, o Bruno Fitaroni, que acabara de regressar de uma travessia solo Rio-Santos, além do Fuchs. Pra quem conhece os caras, não preciso mencionar o nível do curso. Além de muito técnicos e didáticos, são pessoas sensacionais que, hoje em dia, é raro encontrar, talvez nem tanto na canoagem oceânica mas, mesmo assim, fica aqui registrado a minha impressão.

A dinâmica do curso foi excelente. Os três instrutores se revezavam entre grupos de alunos de modo que cada grupo pode aproveitar a experiência de cada um deles. Acho que todos aprenderam muito. Eu, pelo menos, aprendi bastante apesar de já ter feito um curso semelhante com o Bruno há não muito tempo atrás. Não me entendam mau, o curso do Bruno foi excelente e foi por isso mesmo que pude aprimorar as técnicas que aprendi, corrigindo os erros que estava cometendo. Aliás, quem pensa que já sabe tudo e que remar não precisa de estudo e curso, nunca será realmente bom. Assim como qualquer outro esporte ou profissão, dedicação e estudo nunca cessam.

O segundo e último dia foi marcado por um oficina de rolamento, onde iniciamos a aprendizagem das técnicas iniciais que permitirão realizar o rolamento. O Fuchs realmente é um cara especial, por vários aspectos, segundo a minha impressão: primeiro, ele está sempre rindo, nada parece tira-lo da sua calma, gentileza e foco; tem uma enorme humildade, acho que não conhece arrogância e prepotência; sabe muito, tem muita experiência e didática; ele é realmente aquilo que se vê. O Bruno e o Danilo são muito bons também e certamente serão como o Fuchs quando tiverem a sua vivência e experiência.















Finalizando, gostaria de agradecer aos professores e, também, aos alunos que proporcionaram um ambiente de amizade da qual todos puderam desfrutar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário